Home Notícias Cultura Ministério da Cultura abre consulta pública sobre políticas culturais

Mídias Sociais

Facebook Twitter RSS Feed 

Newsflash

Brasil inclui no documento da Rio+20 diretriz que associa renda mínima a iniciativas sustentáveis

Milhares de pessoas que vivem em situação de extrema pobreza em todo o mundo podem ser beneficiadas pela inclusão da proposta brasileira de criação do Piso de Proteção Socioambiental Global no documento final da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. A iniciativa é inspirada em políticas públicas que obtiveram êxito ao garantir uma renda mínima para a população vulnerável, em conjunto com ações de recuperação e preservação ambiental. Além da Bolsa Verde brasileira, há outros programas com características semelhantes na Europa, Índia e América Latina.

Leia mais...
Follow us on Twitter

Quem está on-line

Nós temos 90 visitantes e 2 membros online
  • SeoOvase
  • RonaldLen
Banner
Banner
Ministério da Cultura abre consulta pública sobre políticas culturais PDF Imprimir E-mail
Escrito por Marcio Leal   
Ter, 27 de Setembro de 2011 01:00

O Ministério da Cultura abriu no último dia 21 uma consulta pública para a criação de metas que nortearão as políticas públicas culturais no país até 2020. Aprovada em dezembro do ano passado, a lei que criou PNC (Plano Nacional de Cultura) previu a criação das metas como forma de "efetivação" das ações propostas no plano.

O ministério, que sofre com cortes orçamentários desde o início do ano, incluiu propostas de maior repasse para a cultura: aumento de 37% em relação ao PIB (Produto Interno Bruto), em 30% dos recursos federais e 10% do Fundo Social do Pré-Sal.

O MinC elaborou uma versão inicial, com 48 metas, que será submetida à consulta pública até o dia 20 de outubro, pelo site www.cultura.gov.br

"É um projeto ambicioso, e não tinha como ser diferente. Precisamos entender a cultura de um ponto de vista econômico, há uma contribuição efetiva da cultura para o PIB que não é computada", afirmou Sérgio Mamberti, secretário de políticas culturais do ministério.

Fonte: GIFE, em 22/09/2011

 
 
Banner
Banner