Home Notícias Acontece nos Estados Estrutural terá Projovem para incentivar estudo e trabalho aos adolescentes

Mídias Sociais

Facebook Twitter RSS Feed 

Newsflash

Brasil inclui no documento da Rio+20 diretriz que associa renda mínima a iniciativas sustentáveis

Milhares de pessoas que vivem em situação de extrema pobreza em todo o mundo podem ser beneficiadas pela inclusão da proposta brasileira de criação do Piso de Proteção Socioambiental Global no documento final da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. A iniciativa é inspirada em políticas públicas que obtiveram êxito ao garantir uma renda mínima para a população vulnerável, em conjunto com ações de recuperação e preservação ambiental. Além da Bolsa Verde brasileira, há outros programas com características semelhantes na Europa, Índia e América Latina.

Leia mais...
Follow us on Twitter

Quem está on-line

Nós temos 84 visitantes online
Banner
Banner
Estrutural terá Projovem para incentivar estudo e trabalho aos adolescentes PDF Imprimir E-mail
Escrito por Marcio Leal   
Qua, 15 de Fevereiro de 2012 00:00

O Governo do Distrito Federal, por meio de parceria com o governo federal, inicia em maio, na Região Administrativa da Estrutural, o Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem), que tem como objetivo a reinserção dos jovens nas escolas e no mercado de trabalho, de modo a propiciar-lhes oportunidades de desenvolvimento urbano e exercício efetivo da cidadania.

A iniciativa consiste numa oportunidade para quem não concluiu o ensino fundamental e deseja voltar a estudar para garantir uma profissão.

Na Estrutural, as inscrições para participar do programa estão sendo feitas na administração da cidade, em horário comercial. Para se inscrever, os interessados precisam ter entre 18 e 29 anos, serem alfabetizados e não terem concluído o ensino fundamental.

Adultos que tenham se matriculado no programa intitulado Educação de Jovens e Adultos (EJA) também podem participar, mas antes é preciso pedir o desligamento do EJA. A expectativa da Secretaria de Educação é iniciar as aulas em maio deste ano. Serão, ao todo, dezoito meses de curso – sempre no período noturno. Os alunos matriculados no Projovem ganham uma bolsa-auxílio no valor de R$ 100.

Fonte: Correio Braziliense (DF), em 13/02/2012

 

LEIA TAMBÉM:

 
 
Banner
Banner