Home Notícias Eleições 2012 Onda Patrus em BH cresce e conquista vários segmentos da cidade

Mídias Sociais

Facebook Twitter RSS Feed 

Newsflash

Ceará receberá recursos para combater o crack

O estado do Ceará e a prefeitura de Fortaleza assinaram, na terça-feira (31/7), o termo de adesão ao programa do governo federal Crack, é possível vencer. Com o pacto, começam e são fortalecidas ações para aumentar a oferta de tratamento de saúde e atenção aos usuários drogas, para enfrentar o tráfico e as organizações criminosas e para ampliar atividades de prevenção. Serão investidos no estado R$ 111,7 milhões até 2014 – R$ 79,6 milhões do Ministério da Saúde, R$ 24,8 milhões, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, e R$ 7,3 do Ministério da Justiça.

Leia mais...
Follow us on Twitter

Quem está on-line

Nós temos 60 visitantes e 1 membro online
  • SeoOvase
Banner
Banner
Onda Patrus em BH cresce e conquista vários segmentos da cidade PDF Imprimir E-mail
Escrito por Marcio Leal   
Dom, 19 de Agosto de 2012 17:22

Mesmo com o pouco tempo de início da campanha eleitoral oficial, a candidatura de Patrus Ananias à Prefeitura de Belo Horizonte já coleciona apoios preciosos. Eles são uma síntese da mensagem levada pela Frente BH Popular nestas eleições: o resgate de uma cidade alegre, com coração vivo, e para todos.

Além do apoio dos dois políticos mais populares do país - o ex-presidente Lula e sua sucessora, a presidenta Dilma -, já aderiram à campanha para levar Patrus de volta à prefeitura vários segmentos importantes de BH. Desde o início oficial da campanha, há pouco mais de um mês, o ex-ministro responsável pelo Bolsa Família já se encontrou com ambientalistas, movimentos sociais em geral, professores e pedagogos, taxistas, políticos de partidos diversos e artistas. Sem esquecer, é claro, os setores não-organizados da sociedade, como os miseráveis que ainda existem em BH - Patrus prometeu fazer da nossa cidade a primeira no Brasil a erradicar a miséria.

Confira a caminhada de Patrus até agora:

EDUCAÇÃO

Patrus e seu vice, Aloisio Vasconcelos, receberam o apoio de centenas de militantes da área da educação em BH. Os apoiadores lembraram tudo o que Patrus fez quando foi prefeito da cidade, numa época em que os números da educação eram muito ruins. Patrus prometeu universalizar o acesso às creches das crianças até 3 anos e também o atendimento às crianças de 4 a 6 anos, com a construção de mais unidades municipais de educação infantil (Umeis).

SAÚDE

O candidato da Frente BH Popular encontrou-se com diretores de hospitais da cidade, profissionais da saúde em geral. Voltou a firmar o compromisso de abrir os postos de saúde também no sábado e domingo. O ministro da Saúde aproveitou para manifestar o apoio a Patrus: “Para cuidar da saúde tem de gostar de gente. E Patrus gosta de gente”.

POBRES

Sem estarem organizados em sindicatos ou organizações, os mais pobres e miseráveis da cidade são olhados com carinho por Patrus. É uma das áreas que o candidato mais conhece, até pelo trabalho que fez como responsável pelo Bolsa Família no governo Lula. Patrus foi claro ao falar do assunto: “Vamos fazer de BH a primeira capital brasileira a erradicar a miséria”. Para começar, anunciou que qualquer família que tiver renda mensal inferior a R$ 70 receberá do município um acréscimo de R$ 50.

TAXISTAS

Eles são uma das maiores vítimas do crescimento desordenado da cidade, que deixou o trânsito impossível nos horários de pico - mas não apenas nesses horários. Os taxistas receberam Patrus e seu vice Aloisio Vasconcelos para um encontro a fim de debater os problemas do trânsito, da mobilidade urbana e do transporte coletivo. Os taxistas receberam com entusiasmo a garantia de Patrus de retomar o diálogo com a categoria - nos últimos anos, eles reclamam que a prefeitura não conversa com os motoristas.

MERCADOS E FEIRAS-

Novamente nessa área Patrus foi muito claro: vai respeitar os mercados e feiras livres de BH, hoje muito abandonados, principalmente as feirinhas mais tradicionais dos bairros. O candidato da Frente BH Popular foi aplaudido com entusiasmo pelos feirantes e consumidores no Mercado Central de Belo Horizonte, principalmente depois que garantiu que encontrará uma solução para o Mercado Distrital do Cruzeiro (hoje ameaçado) e o Mercado de Santa Tereza (foi abandonado).

PSD

Deputados e lideranças do PSD de Minas manifestaram, em encontro com Patrus, o apoio à Frente BH Popular nestas eleições. Quatro deputados federais e quatro estaduais do PSD mineiro estão com Patrus.

AMBIENTALISTAS

A belíssima e tradicional Praça da Liberdade foi o cenário ideal para o apoio de ambientalistas de diversas entidades mineiras à candidatura de Patrus. Eles assinaram um manifesto defendendo o nome do candidato para BH. “É imprescindível integrarmos o desenvolvimento econômico, social e ambiental na perspectiva do desenvolvimento sustentável”, disse Patrus.

TRABALHADORES

Belo Horizonte voltará a ter um prefeito com diálogo amplo com as categorias de trabalhadores. Um exemplo: já oficialmente candidato à PBH, Patrus compareceu à posse da nova diretoria da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Foi aplaudido com entusiasmo pelos membros da entidade, que conta com 303 sindicatos filiados em Minas Gerais. “Durante anos, lutamos no Brasil pelos direitos dos trabalhadores, por maior estabilidade e segurança no trabalho. Temos que ter um diálogo permanente com os trabalhadores, pois vivemos numa sociedade de interesses, e a expressão dos interesses da classe trabalhadora é fundamental”, disse Patrus.

CULTURA

Atores, atrizes, músicos, produtores, gestores, videomakers… A área cultural de Belo Horizonte encontrou em Patrus Ananias o candidato que esperava para resgatar o segmento na capital, meio adormecido nos últimos anos. Patrus tem história em serviços na área, já que fez muito pela cultura de Belo Horizonte quando foi prefeito. Quando esteve à frente da PBH, ele criou o Festival Internacional de Teatro (FIT) e o Festival de Arte Negra (FAN), por exemplo. O projeto Arena da Cultura, que foi pensado e elaborado quando o petista era prefeito, começou já em 1998, na gestão do vice de Patrus, Célio de Castro. Os artistas apoiam Patrus também pelo traço pessoal do candidato, reconhecido como uma pessoa sensível às atividades culturais.

JUVENTUDE

A juventude do PT, PCdoB e PMDB, além de militantes do movimento estudantil vinculados a entidades como a UNE (universitários), Ubes (secundaristas) e UCMG (colegiais), receberam Patrus na Praça Sete e anunciaram o apoio ao candidato. Mais uma vez, Patrus mostrou sua preocupação com a questão social: “Infelizmente, muitos jovens desta cidade não podem estar aqui, como vocês. São os jovens vítimas da violência e das drogas. Nós nos comprometemos a cuidar também dessa juventude com carinho e responsabilidade”.

PSB

Patrus também recebeu o apoio de 20 dissidentes do Partido Socialista Brasileiro (PSB), legenda do atual prefeito da capital. Os militantes históricos do PSB entregaram ao candidato um manifesto de apoio, no qual avaliam os últimos quatro anos de administração da prefeitura e afirmam que, mais do que um gerente, Belo Horizonte precisa de uma gestão democrática e voltada para o campo social. “Estamos retomando o nosso projeto democrático-popular, reunindo a esquerda de Belo Horizonte com o compromisso de governar para todos e também de luta pelos direitos dos mais pobres”, disse Patrus.

Fonte: Vote Patrus 13, em 16/08/2012

 

LEIA TAMBÉM:

 
 
Banner
Banner