Home Notícias Eleições 2012 Haddad cresce. Ibope mostra empate entre Russomanno e Serra

Mídias Sociais

Facebook Twitter RSS Feed 

Newsflash

Artigo: Por um novo paradigma de desenvolvimento, de Márcio Leal

A economia mundial passa por uma grave crise: as, até então consideradas, economias desenvolvidas, tiveram seus alicerces balançados, trazendo insegurança social e financeira para a população dos EUA e Europa, com o risco de contagiar todo o resto do mundo globalizado, principalmente os países em desenvolvimento, como Brasil, Índia e China.

Leia mais...
Follow us on Twitter

Quem está on-line

Nós temos 35 visitantes e 1 membro online
  • SeoOvase
Banner
Banner
Haddad cresce. Ibope mostra empate entre Russomanno e Serra PDF Imprimir E-mail
Escrito por Marcio Leal   
Dom, 19 de Agosto de 2012 17:56

Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (16) mostra que o candidato do PT, Fernando Haddad, saltou de 6% na última pesquisa (3 de agosto) para 9%. Um crescimento de três pontos percentuais. O candidato do PSDB, José Serra, e o candidato do PRB, Celso Russomanno, estão empatados na liderança da corrida pela Prefeitura de São Paulo. Os dois candidatos têm 26% das intenções de voto. O instituto ainda simulou uma disputa entre Serra e Russomanno no segundo turno. O candidato do PRB venceria o tucano (42% a 35%).

Soninha Francine (PPS), Gabriel Chalita (PMDB) e Paulinho da Força (PDT) registraram 5% das intenções de voto na nova pesquisa. Carlos Giannazi (PSOL) e Ana Luiza (PSTU) têm 1%, José Maria Eymael (PSDC), Levy Fidélix (PRTB) e Miguel Manso (PPL) não pontuaram.Bancos e nulos somam 12%. Segundo o Ibope, 10% dos eleitores ainda estão indecisos.

A Pesquisa, divulgada em 16/08/2012, foi realizada entre os dias 13/08/2012 e 15/08/2012; Registro nº: SP-00311/2012; foram entrevistados: 805 eleitores e a margem de erro é de 3 pontos percentuais. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de São Paulo".

Rejeição

O Ibope também perguntou aos entrevistados em qual candidato não votariam de jeito nenhum. Segundo o Ibope, Serra foi o mais citado, com índice de rejeição de 37%. Levy Fidelix aparece na sequência, com 16%. Fernando Haddad, Paulinho da Força, Soninha Francine e Eymael têm 14% de rejeição. Em seguida são citados Russommano (11%), Gabriel Chalita e Miguel (9%), Ana Luiza, Carlos Gianazzi e Anaí Caproni (7%).

Pesquisas anteriores

Na pesquisa Ibope divulgada em 9 de junho, Serra estava na liderança com 31% das intenções de voto. Em segundo lugar, estava o ex-deputado federal Celso Russomanno (PRB) com 16%. Soninha Francine (PPS) obteve 7%.

No levantamento do Ibope do dia 3 de agosto/2012, havia um empate técnico dos candidatos José Serra (PSDB) e Celso Russomanno (PRB). Serra apareceu com 26% dos votos contra 25% de Russomanno. Soninha Francine (PPS) teve 7%, Fernando Haddad (PT), 6%, e Gabriel Chalita (PMDB) apareceu com 5% das intenções de voto. Paulinho da Força (PDT) apareceu com 5%, e Carlos Giannazi (PSOL) e Ana Luiza (PSTU), José Maria Eymael, 1%. Levy Fidélix (PRTB) e Miguel Manso (PPL) não pontuaram.

Já os números divulgados pelo Datafolha, em 21 de julho/2012, apontavam Serra com 30% -o tucano tinha 31% no penúltimo levantamento, em 27 de junho- e Russomanno, 26%, antes ele tinha 24%. Fernando Haddad, candidato do PT, e Soninha Francine, do PPS, apareceram na sequência, com 7%. Gabriel Chalita (PMDB) teve 6% das intenções de voto. Paulinho da Força (PDT) apareceu com 5%, e Carlos Giannazi (PSOL) e Ana Luiza (PSTU) tinham 1%. Anai Caproni não pontuou. Nulos e brancos somaram 11%, e 6% não opinaram.

A pesquisa Ibope do dia 3 de agosto foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número SP-0198/2012 e tem três pontos percentuais de margem de erro. O levantamento ouviu 805 eleitores entre os dias 29 de julho e 3 deste mês.

A pesquisa Datafolha do dia 21 de julho foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número SP-00110/2012 e tem três pontos percentuais de margem de erro. O levantamento ouviu 1075 eleitores entre os dias 19 e 20 daquele mês..

A do dia 9 de maio entrevistou 805 pessoas entre os dias 3 e 5 de maio. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com o número SP-00027/2012.

Datafolha de 27 de junho ouviu 1.081 eleitores na capital paulista entre os dias 25 e 26 de junho. A pesquisa foi registrada no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) sob o número 87/2012.

Fonte: E-mail de MVMeirelles, recebido em 16/08/2012

 

LEIA TAMBÉM:

 
 
Banner
Banner